Estas velhas não são bonitas, são BONITONAS

A sorrir, sisudas, mascaradas, em lingerie, de turbante, com a língua de fora ou a fazer um manguito. Sem medos. Confiantes e bonitonas, como só elas sabem. É assim que as velhas pintadas por Maria Seruya, de 36 anos e designer de formação, se apresentam.

Para ler em http://observador.pt/2017/06/04/estas-mulheres-nao-sao-velhas-sao-bonitonas/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *