Diz-me quanto pesas.

O post que hoje faço era para ter sido feito há uns meses atrás. Preguiça ou não, a história que vos contaria seria outra, a de como perdi 8 quilos sem extremismos, quero eu dizer: a comer como deve ser.

No ano passado decidi tratar bem do meu corpo, porque tenho níveis de colesterol elevados e porque engordei os tais 8 quilos a comer tudo o que me apetecia e, claro está, na maior parte das vezes, tudo aquilo que não faz bem. O truque foi seguir o tipo de alimentação consciente e intuitiva. Muito sumariamente: comer tudo o que vem da terra, não comer o que vem embalado, refrigerantes nunca, beber 3litros de água por dia e não ficar chateada por ter comido um doce de vez em quando. Exercício físico pelo menos três vezes por semana e umas boas caminhadas ao fim-de-semana.

E resultou, resultou mesmo.

Hoje peso novamente o que pesava, ou seja, ganhei novamente esse peso, não teve a ver com desleixo, mas sim com medicação. Continuo com o meu exercício físico, com os meus 3litros de água e com o não sempre pronto a qualquer refrigerante.

Mas não tem mal nenhum que assim seja e que tenha mais uma curva ou duas.

Não tem mal nenhum que não estejamos sempre perfeitas. Não tem mal retroceder, sabendo porquê. Não tem mal.

É só o reflexo de uma fase da minha vida e que continua a fazer de mim o que sempre fui.

Beijinhos <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *